quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Futuro do Rio São Francisco




E afinal o Governo do Brasil vai embarcar na transposição do rio São Francisco ou na revitalização do mesmo rio? Se a opção do Brasil for pela revitalização do Rio da Integração Nacional, só precismaos saber exatamente o que significa a palavra "revitalizar". Quando governos falam de revitalizar coisas ligadas à natureza aí temos um perigo muito grande. Na minha cidade e na minha região, falaram da revitalização do Parque Nacional do Iguaçu. Eu pensei: e o Parque - com siuas 170 mil hectares de árvores - está morto? De revitalização do Parque não aconteceu nada. revitalizaram as lanchonetes,os pedágios, os negócios, para alguns.

Qual é o conceito de "revitalizar", no caso de um rio? Seria dragar para aumentar o calado? Será aprofundar o canal para que passe barcos maiores? Seria chamá-lo de hidrovia? Seria concessioná-lo?

Caso a escolha seja a primeira, transpor o rio, é bom que olhemos para as fotos-alerta que ilustram esta postagem. São fotos de um lago chamado "Mar". Mar de Aral. Fica no lugar onde antes funcionou a União Soviética e hoje são as repúblicas do Cazaquistão e Uzbequistão. O Mar de Aral secou para financiar o progresso da região sob o comunismo. O Mar morreu para viabilizar projetos de irrigação - irrigação do algodão. Igualzinho ao que nós brasileiros queremmos fazer no Sertão: irrigar para plantar uvas, melão, algodão. Hoje depois do lago morrer, a irrigação morreu junto.

As fotos, que não necessitam de legenda, foram obtidas dos sites de ONGs como a World Lakes, especializada na proteção dos Lagos Mundiais e do site Unimaps
Para que servem as lições?

Nenhum comentário: