domingo, 13 de junho de 2010

Saneamento básico e Saneamento Ecológico discutidos em evento em Foz


Participei recentemente de um evento em Foz do Iguaçu chamado LatinoSan - ou Conferência Latinoamericana de Saneamento. Foi patrocinado pelo Governo Federal ( Ministérios da Saúde, Meio Ambiente e das Cidades) e teve o apoio da Sanepar, Governo do Paraná e da Associação das Empresas de Saneamento Básico Estaduais (AESBE). Foi um evento dos grandes, para os grandes e parte da macrovisão do saneamento básico incluindo agências como o BNDES, Banco Mundial, BID e a Agência Espanhola de Cooperacão Internacional (AECID) entre outras. Digamos que esses eram representantres da visão de direita do saneamento aquela que fala em trilhões de dólares no saneamento e que, infelizmante, é a visão da ONU e dos Objetivos do Milênio.

Mas havia no evento um grupo pequeno representado por organizações que crêem que um outro seaneamento é possível. Conheci no evento a EcoSanRes (Ecological Santation Research Program), o Stockholm Environment Institute (SEI) , a Agência Sueca de Cooporeção Internacional (SIDA), a ONG Sarar-T, a entidade ACEPESA - Associação Centroamericana para a Economia, a Saúde e o Ambiente. Fiquei entusiasmado com a união de economia,saúde e ambiente no nome da Acepesa. E por meio da ACEPESA, conheci e destaco o trabalho da ONG Waste e outras organizações holandesas como a ECOSAN. Fiz contato também com uma organização que trabalha por uma Community-led Total Sanitation (Saneamento Totalmento Conduzido pela Comunidade) motivo desta postagem é divulgar as organizãções para que o pesquisador ou o interessado vá em frente. Todas as organizações citadas aqui trabalham cm projetos de sanitários ecológicos secos. Entrarei em detalhes nas próximas postagens.

Nenhum comentário: