segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Marcha contra Wall Street

A Praça Tahrir de Cairo símbolo ou Marco Zero da revolta popular que derrubou o governo do ex-presidente Osni Mubarak é a inspiração por trás dos milhares de americanos que participam da Revolta de Nova York dirigida à Wall Street o centro financeiro mundial onde o poder está nas mãos de 1% da população global. A revolta liderada uma grande lista de grupos que dizem representar os 99% que estão fora do sistema. Basicamente todos nós. Um artigo publicado no Le Monde Diplomatique revela que 70% do dinheiro do mundo está dedicado à especulação, pagamento de juros e lucro. O que a política mundial chamou de revolta árabe parece ter sido o ponta pé inicial para uma revolta mundial que chegou à Europa e já está nos EUA há tempo. Os que caminham, protestam e são presos em Nova York lutam por algo que é antigo: o desejo de mudança e na certeza de que “um outro mundo é possível”. Por que tem que ser assim? Preparem-se porque este vírus pega e logo logo esse clamor chegará aos emergentes que estão emergindo a um preço muito alto. Na foto da TV CBS,uma participante é presa. Veja mais onformações e acompanhe a revolta pelo site oficial da organização da Ocupação da Wall Street.

Nenhum comentário: