sábado, 15 de dezembro de 2012

Notas sobre o IV Fórum de Ufologia em Foz IV





O extraterrestre é meu irmão
Roberto Pinotti é italiano e ufólogo, mora em Firenze (Florença) e no começo do ano que vem (2013) vai realizar o congresso italiano de ufologia em San Marino. Em Foz, elel falou sobre “o Impacto Sociológico do Contato e a Necessidade da Revelação (Disclosure) Global”. Parte do motivo dos governos da terra não desejarem a revelação de que há vida extraterrestre é o medo. Medo de várias coisas. Uma delas do caos – do que acontecerá na terra a tudo aquilo que criamos especialmente baseado na corrupção, na desonestidade como a maior parte do que criamos no trio religião, comércio e política com suas primas a burocracia, a exploração e controle. Pinotti citou uma autoridade cujo nome não captei afirmando que “o medo é que os extraterrestres façam com a gente o que nós fizemos com os povos do mundo na América do Sul, Central, na África, na Oceania?  Pinotti mostrou a capa do jornal L’Oservattore Romano que noticiou a famosa decisão do Vaticano pedir aos católicos que caso apareçam ETs, eles são nossos irmãos. Pinotti lembrou que a Academia do Vaticano cunhou recentemente o termo UFO em latim: Res Inexplicabili Volans.  

Nenhum comentário: